Guia de Raças
RAÇAS RAÇAS RARAS GATOS CAVALOS FILHOTES
 
HOME
RAÇAS
CÃES RAROS
GATOS
CAVALOS
FILHOTES
CÃES EM DESTAQUE
BULLDOG FRANCÊS
DOGUE ALEMÃO
VIZSLA
BICHON FRISÉ
CÃES DE GUARDA
CÃES PASTORES
TUDO SOBRE CACHORROS
CACHORROS
RAÇAS DE CACHORROS
GRUPOS CANINOS
CÃES PEQUENOS
CÃES MÉDIOS
CÃES GRANDES






RAÇAS POPULARES
RAÇAS DE A a Z
JOGOS DE CACHORROS
NOMES DE CACHORROS
FOTOS DE CACHORROS
CRIADORES
ANUNCIE
 
 
 
 

Boxer


Deutscher Boxer
 

Boxer
Raça Boxer

Na raça Boxer, a harmonia das formas não está separada de múltiplos dotes de inteligência e caráter. Um lindo cão de trabalho e exposição, o Boxer tornou-se muito popular nas últimas décadas, em grande parte por seu notável valor, tanto em tarefas de defesa, como de proteção. Trata-se de um cachorro de porte médio, pelo liso, construção quadrada e ossos fortes. Dotado de uma musculatura fortemente desenvolvida e nitidamente definida, o Boxer apresenta movimentação enérgica, forte e nobre.

História da raça Boxer

Não se trata de uma raça antiga. Se a criação digna da raça Boxer data do fim do século 19, sua aparição remonta-se comente a metade do mesmo século, época em que um grupo de cinófilos bávaros procurou obter, através do cruzamento de um tipo de cão conhecido como brabant bullenbeisser, ou simplesmente bullenbeisser com o Bulldog Inglês. Obtiveram êxito muito rapidamente e a nova raça reunia características anatômicas elegantes e homogêneas, sem excluir a coragem, equilíbrio, inteligência e força.

Seu antepassado direto, o bullenbeisser (mordedor de touros) era um cachorro lutador e agressivo, muito difundido na Alemanha e na Holanda para a caça do Javali, do cervo e do urso. Posteriormente, foi usado ainda como guarda de rebanho e como boiadeiro. Originou-se, por sua vez nos cães medievais alemães chamados saupecker (pega porcos), descendentes de mastins chegados à Alemanha através da Inglaterra.

Os primeiros passos do Boxer como cão de exposição foram dados na cidade de Munich. Da Inglaterra, a moda de criar cães passou ao continente europeu e os bávaros imaginaram que poderiam obter êxito com seu cachorro se conseguissem aprimorá-lo através de cruzamentos seletivos. Sabiam tudo sobre o Bulldog, que havia sido isento na Inglaterra da tarefa de combate a ursos e touros, e decidiram introduzir algumas de suas características no cão que estavam selecionando.

Os primeiros resultados concretos dessa cuidadosa seleção foi obtido a partir do ano de 1890 quando um Boxer de Munich foi acasalado com um Bulldog de cor branca. Desse cruzamento derivaram exemplares de queixo bem desenvolvido, orelhas altas e ossos mais fortes. Seguiu-se logo a união entre cachorros não consanguíneos, a fim de eliminar o excesso de cor branca e obter a tonalidade desejada, isto é o louro e o tigrado, além de reduzir sua rodustez e obter uma conformação ágil. É importante lembrar que o bullenbeisser já era louro ou tigrado, porém pouco elegante, de constituição muito robusta, pesada, apresentando uma cabeça grande.

Em 1896 o primeiro clube da raça Boxer foi criado, no entanto, o primeiro exemplar a encontrar notoriedade, foi apresentado somente em 1895 na mostra de Munich. A primeira progenitora do Boxer, tal como apresenta-se hoje, foi Meta von der Passage, que teve uma progênie numeosa de grande homogeneidade e foi mãe de Hugo von Pfalzgau, reprodutor que, por sua vez, teve um papel essencial no desenvolvimento da raça, procriando o campeão Kurt von Pfalzgau, pai do notório Rolf Walhall. Este último, herdeiro das altas qualidades de seus antepassados, deu à criação um tremendo impulso, imediatamente após a Primeira Guerra Mundial, e levou a raça ao conhecimento do mundo inteiro.

A corretíssima seleção, com método e incrível dedicação por parte de seus criadores, permitiu desde as últimas décadas do século passado, obter-se resultados esplêndidos com a raça Boxer, presenteando-nos com um dos mais lindos e singulares cães de defesa, guarda e companhia.

Temperamento da Raça Boxer

O Boxer é um cachorro de temperamento tranquilo, equilibrado, seguro, de nervos firmes. Conhecidas de longa data, as características de temperamento, como a ligação e fidelidade ao dono e sua família, seu caráter vigilante, e intrépida coragem, são da maior importância para a criação do Boxer. É dócil no meio familiar, mostrando-se alegre e afetuoso nas brincadeiras. Graças ao seu caráter seguro, confiante e sua conhecida docilidade e capacidade olfativa, o Boxer é uma raça de fácil adestramento.

Pouco exigente, a raça é indicada tanto como cão de guarda quanto como cão de companhia. O caráter do Boxer é considerado um fator muito importante. O cão deve ser fiel ao dono e a casa inteira, vigilante, sempre alerta e desconfiado com estranhos. Em família o cachorro da raça Boxer é inofensivo, tem temperamento sereno e afetuoso durante as brincadeiras. Apresenta caráter franco, sem falsidade ou malícia, mesmo depois de adulto.

Por seu caráter brincalhão, extrovertido e ativo é considerado uma excelente raça para crianças. São particularmente amorosos, tolerantes e cuidadosos com as crianças e apresentam disposição de sobra para acompanhar as brincadeiras. É ainda, considerada uma raça altamente tolerante com outros animais e filhotes, no entanto, alguns exemplares podem apresentar dificuldades de convivência com outros cães adultos, especialmente os de mesmo sexo. A socialização precoce e o treinamento adequado são indicados para evitar qualquer problema de relacionamento depois de adulto. O Boxer assim como outras tantas raças, respondem melhor ao treinamento através do reforço positivo e não deve ser treinado com rispidez ou por adestradores que não tenham experiência com a raça.

Descrição e Aparência da Raça Boxer

O Boxer é um cão de tamanho médio e pelo raso e robusto. De estrutura curta, quadrada e ossos fortes, o boxer movimenta-se com vivacidade, força e nobreza. A cabeça é uma das mais marcantes características da raça. Deve ser perfeitamente proporcional em relação ao tamanho do corpo, sem parecer nem leve e nem pesada. O focinho é muito bem desenvolvido, apresenta trufa larga e preta, e a testa forma um nítido stop com a cana nasal.

Os olhos da raça Boxer são escuros, nem proeminentes, nem muito pequenos e nem profundos, apresentando pálpebras de cor escura. As orelhas são de tamanho apropriado, portadas pendentes quando em repouso. A cauda é de inserção alta e comprimento normal. A pelagem do Boxer é curta, reluzente, muito aderente, amarela ou tigrada. Seus olhos são castanhos, e as orelhas implantadas altas, amputadas em ponta, discretamente longas. A cor da pelagem pode ser o fulvo (dourado em diversas tonalidade, desde o amarelo claro ao vermelho escuro) ou o tigrado.

De porte médio, o tamanho dos exemplares machos da raça Boxer fica entre 57 e 63 cm, medidos sempre a altura da cernelha. As fêmeas, devem medir entre 53 e 59 cm. O peso deve estar de acordo com a altura do cachorro, ficando, em média, entre os 25 kg e os 30 kg.

 
 
  Ficha da Raça
Boxer Raça

Boxer

País de origem Alemanha
Nome original Deutscher Boxer
Grupo 2 Cães de Guarda e Utilidade
Utilização Guarda, Companhia e Trabalho
Porte Médio
Necessidade de exercício diário Média / Alta
Temperamento Dócil, Desconfiado com Estranhos
Adestrabilidade Média / Alta
  + Raças
 

Cães de Porte Médio

Border Collie

Schnauzer Standard

Spaniel Francês

Bulldog

Chow Chow

Basset Hound

Pastor Australiano

Cães de Guarda e Trabalho

Boxer

Dobermann

Mastiff

Mastim Tibetano

Rottweiler

Shar Pei

+ Raças de Cães

 
  Saiba +
Padrão da Raça (FCI)
Padrão oficial internacional da raça boxer (CBKC / FCI) - Em português.
Padrão da Raça (AKC)
Padrão oficial da raça boxer na versão do American Kennel Club (AKC) - Em inglês
Boxer World
Informações, galeria de fotos, chat, fórum, cartões virtuais, etc - Em inglês
 
 
  Livros

BoxerVIEIRA, Márcio Infante. Boxer, Ed. Prata, Brasil, 2000.

BoxerSOMERFIELD, Elizabeth. O Boxer, Ed. Nobel, Brasil, 1993.

BoxerBRACE, Andrew. Guia do Boxer, Ed. Nobel, Brasil, 2000.


 
 


© 1997-2015 GUIADERACAS.COM.BR - ALL RIGHTS RESERVED.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.