Guia de Raças
RAÇAS RAÇAS RARAS GATOS CAVALOS FILHOTES
 

Maltês


Cão Maltês

/ Maltese
 
Cão Maltês
Maltês - Foto: Cortesia Chien Trés Joli

Maltês - O vistoso pelo longo e brilhante é uma das características que faz do Maltês uma raça muito atrativa. É inteligente e afetuoso com o dono, alegre, expressivo, qualidades que fazem dele um maravilhoso cão de companhia.

História da raça Maltês

A raça Maltês foi conhecida por uma grande variedade de nomes ao longo da história. Desde épocas antigas, a raça já foi chamada em Latim de Canis Malitaeus, além de nomes como Antigo Cão de Malta e até de Cão Leão Maltês. Um cachorro com a aparência do atual Maltês foi inúmeras vezes descrito por diversos autores, desde a época de Aristóteles, considerado o primeiro a mencionar um cão chamado Melitaei Catelli, em torno de 370 AC. A evidência mais antiga, porém, foi registrada em uma ânfora grega, encontrada na cidade etrusca de Vulci, onde um cachorro com as características do Maltês é retratado junto a palavra Malitaie.

O nome da raça não determina, no entanto, que sua origem esteja relacionada especificamente a Malta, ilha localizada ao sul da Sicília, no Mar Mediterrâneo. O termo Maltês teria vindo na verdade da palavra semítica "màlat", que significa refúgio, ou porto. Essa raiz pode ser encontrada em diversos nomes de lugares marítimos, a exemplo da ilha adriática de Méleda, localizada ao sul da Croácia, além da cidade siciliana de Melita e também, é claro, da ilha de Malta.

Acredita-se que, a partir do século 17, houve a tentativa por parte dos criadores da época de tornar a raça ainda menor. Com número muito reduzido de exemplares existentes na época, esses cães teriam sido cruzados com outra raças de pequeno porte, como poodles e pequenos spaniels. De acordo com esta teoria, no início do século 19 havia pelo menos nove variedades diferentes da raça de cachorro Maltês. Cães de cores sólidas e particolores eram aceitos até 1913 nas exposições inglesas e somente na metade do século 20 a obrigatoriedade da cor branca foi instituída. O Maltês foi reconhecido internacionalmente em 1954, tendo sido estabelecida a Itália como país patrono da raça.

Temperamento da raça Maltês

Este cachorro mostra-se muito inteligente, de caráter vivaz e bastante apegado ao dono. Figura entre os cães de companhia preferidos, tanto pelo temperamento afetuoso quanto pela brancura e vistosidade da rica pelagem. É extremamente alegre, brincalhão, ativo e cheio de energia. É uma raça considerada por muitos um companheiro mais indicado para pessoas adultas, ou para famílias que não tenham crianças pequenas em casa. Isso se deve ao fato de alguns exemplares se mostrarem pouco tolerantes com as brincadeiras dos pequenos. É enfaticamente recomendada a socialização precoce para evitar este tipo de intolerância.

Esta é uma raça que adora seus familiares. O Maltês precisa e prefere permanecer por perto dos seres humanos, e não é o cachorro mais indicado para viver afastado da família e do seu dono. É um cachorro que gosta de latir, e certamente não é a raça mais indicada para proprietários ausentes, que passam o dia fora de casa, ou que não estejam dispostos a investir um bom tempo na educação do filhote.

Como é uma raça bastante ativa, que precisa gastar energia, deve exercitar-se com regularidade. Cães da raça Maltês que vivem em apartamento, ou em espaços pequenos, deverão passear todos os dias, de preferência de duas a três vezes ao dia.

Descrição e Aparência da raça Maltês

A conformação geral do Maltês é a de um cão pequeno em relação à sua forma. É um cachorro elegante, com cabeça, calda, membros cobertos de pelo sedoso, todo branco, muito brilhante e longo. A cabeça do maltês é larga, com focinho retilínio, apresentando um sulco bem marcado na parte central, um stop bem marcado, e trufa de formato arrendondando, absolutamente preta.

Os olhos do Maltês expressam vivacidade e inteligência, são grandes e apresentam forma arredondada. As orelhas tendem a ser triangulares, largas, de inserção alta, pendentes, caídas rentes as laterais da cabeça. São totalmente cobertas de pelos longos, espessos, não ondulados, que chegam, pelo menos à ponta dos ombros. A cauda do Maltês é inserida ao nível da garupa, espessa na raiz e mais fina na ponta.

O cachorro Maltês apresenta pelagem densa, clara, brilhante, pesada, muito longa sobre todo o corpo e de textura sedosa, sem presença de sub pelo. O comprimento médio do pelo é de 22 cm. A cor é, em geral é o branco puro, mas a cor de marfim claro é igualmente aceito. Manchas pálidas de sombra de cor alarajanda são toleradas, no entanto, constitui uma imperfeição de acordo com o standard oficial da raça.

O Maltês é um cão de porte pequeno. Os cães machos desta raça apresentam entre 21 e 25 cm, e as fêmeas entre 20 e 23 cm, medidos sempre a altura da cernelha. O peso fica entre os 3 e 4 kg.

 
 
  Ficha da Raça
Maltês Raça

Maltês

País Patrono Itália
Nome original Maltese
Grupo 9 Cães de Companhia
Utilização Cão de Companhia
Porte Pequeno
Necessidade de exercício diário Baixa / Média
Temperamento Muito Dócil, Alegre, Afetuoso
Adestrabilidade Alta
  + Raças
 

Cães de Pequeno Porte

Beagle

Bichon Frisé

Lhasa Apso

Lulu da Pomerânia

Maltês

Dachshund

Yorkshire Terrier

Cães de Companhia

Buldogue Francês

Chihuahua

Pequinês

Pug

Poodle

Griffon de Bruxelas

+ Raças de Cães

 
  Saiba +
Padrão da Raça - FCI
Padrão oficial internacional da raça Maltês (CBKC - FCI). - Em português.
Padrão Oficial (AKC)
Padrão oficial da raça Maltês, na versão do American Kennel Club - Em inglês.
Maltese Only
Site dedicado a raça Maltês. - Em inglês.
 
 
  Livros

LINDEN, Bobby. The Maltese, Happy Healthy Pet, E.U.A, 1999.


 
 


© 1997-2014 GUIADERACAS.COM.BR - ALL RIGHTS RESERVED.
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.